Chegar & Partir, Inspiração & Soluções

Fechar 2016… Abrir 2017…

Janeiro 6, 2017

Hoje é dia 6 de Janeiro de 2017 e ainda não consegui fechar o ano 2016. Há capítulos na vida que terminam com reticências… Foi um ano de coragem e de viagens dentro e fora do meu universo pessoal. É um capítulo que não quero fechar, quero continuar a vivê-lo!

Agradeço todos os momentos de 2016. Cortei raízes com a terra. Fiz as malas e parti. Sem qualquer tristeza, sem qualquer lágrima. E viajei muito. Apaixonei-me duas vezes pela Guatemala. Andei à boleia com a Melanie pelo México. Dancei sem cansar em Cuba. E ao final de 3 meses resolvi extender a minha viagem. Perdi o vôo de regresso e planeei o meu rumo à América do Sul. Mas antes ainda viajei pela Nicarágua, lugar onde voltei a fazer voluntariado numa pequena aldeia junto ao mar. Depois aproveitei a natureza da Costa Rica, lugar onde também tive o privilégio de conhecer o paraíso do Manuel. E quando cheguei à América do Sul, um livro surpreendente abriu outra página na minha vida. A Colombia encheu-me o Agosto de cor e calor. A Amazónia mostrou-me outros modos de vida. O Perú ultrapassou os meus limites físicos em busca de paisagens extraordinárias. A Bolivia encantou-me pela sua autenticidade contrastante com a sua pobreza. E por fim, o Brasil… Do calor, do samba, da conversa afiada na esquina, do um pé na areia e outro na cachoeira! Indescritível, um amor à primeira vista!

À meia noite do dia 31 de Dezembro fechei os olhos e deixei que por uns breves segundos todos os momentos passassem em flash e que a pele se arrepiasse pela êxtase do momento de ter a certeza que vivi um dos anos mais felizes da minha vida!

Hoje é dia 6 de Janeiro, dia dos reis, e sem qualquer dúvida sinto-me uma rainha por ter tido a oportunidade de viver um magnífico 2016.

2017 pode ser um dos mais difíceis anos da minha vida mas nunca me arrependerei das decisões que tomei em 2016. O caminho é feito a caminhar e estou certa do meu caminho… Vamos a ele!

Rumo a um 2017 repleto de vivências, realizações e se possível… mais viagens!

 

Facebook Comments

You Might Also Like

No Comments

Deixe um comentário