Guatemala

Guia para a cidade de Antígua

Abril 8, 2016

Antígua é cidade cosmopolita com história, com muita cor, com muitos sabores para explorar, com actividades exteriores, com arte, com quintas, com miradouros. Vai e explora pelo menos uma semana. A cidade é segura e facilmente se chega a todos os lugares. É preciso é ter tempo para apreciar todos os pequenos pormenores e conhecer muita gente. De certeza que te apaixonas pela cidade ou por alguém… Quiçá!

Fotografar

A cidade de Antígua é partimonio reconhecido pela UNESCO devido à conservação de todo o património cultural. Existem igrejas, museus, ruínas, parques e as próprias casas são um espectáculo de cores que só apetece usar e abusar no disparo fotográfico. Por isso, caminha com calma, vagueia pela cidade capturando a luz de todas as horas do dia.

 

Vulcões

Antígua é rodeada de vulcões. O vulcão Água que é o grande ícone da cidade e também ele o responsável pela destruição em 1541.

Existem mais 2 vulcõess na envolvecia, o vulcão Acatenango e o Fogo. Este último teve uma forte erupção dia 11 de Março.

É uma lista enorme de visitas para subir aos vulcões, podendo fazer de noite para ver o nascer do sol ou durante o dia. Escolhe o vulcão conforme o grau de dificuldade. O mais acessível e que chama a atenção dos turistas para ver a lava activa é o vulcão Pacaya que fica a xx horas da cidade e que o preço dos  tours rondam os 60 euros. O de maior dificuldade mas também o mais recomendável é o vulcão Acatenango.

Aprenda espanhol e salsa

A cidade é encantadora e por isso aprender espanhol é um bom motivo para aproveitar a cidade com calma. Pela noite aprende a dançar Salsa, há vários bares com musica ao vivo e com guatemaltecos que ajudam sempre no pé de dança. Passa pelas Las Palmas às sextas e sábados.

Quando começar a habituar-se a tudo isto vai mais longe e aprende algumas palavras em kakchiquel : para brindar “saúde”

Visitas à volta da cidade

Existem uma série de locais a visitar à volta da cidade. Guatemala um país em recursos naturais, visita as quintas de café, de macadomia e vegetais. A poucos minutos do centro da cidade existe a quinta Caoba, onde poderá visitar a quinta de produção biológica e onde poderá realizar voluntariado nem que seja por um dia. Recompensa no final do dia: um saco de legumes frescos. Sábado é um dia especial onde podes conhecer o mercado, comprar novos produtos locais (desde compotas a sabonetes e produtos de vestuário) e almoça de forma saudável.

A caminho de San Miguel das Dunas visita a quinta de macadamia. Um casal criou este espaço sustentável onde ajuda as famílias locais na produção de macadomia. Se tiveres espaço no estômago prova as panquecas de macadomia.

Vai ao Tenedor del cerro, numa das encostas da cidade para aproveitar a vista sobre a cidade e para conhecer os artistas guatemaltecos e para aproveitar a esplanada do restaurante.

À saída da cidade passa também pelo Cerro da la Cruz, é um dos locais mais visitados ao pôr-do-sol para fotografar a cidade ou então para as corridas matinais.

Se tiveres tempo vai a Hobbitenango e ao Earth lodge, dois espaços novos nos arredores da cidade para desfrutar de um alojamento diferente com uma panorâmica autêntica das serras e dos vulcões.

antigua

Disfrutar da cidade

Antígua é talvez a cidade mais visitada de toda a Guatemala e isto acontece porque para além das belíssimas cores da cidade porque e a tradição e bom atendimento em todos os serviços fazem da cidade um lugar de requinte e de deleite. Há excelentes hotéis, guesthouses e hostéis. A gatronomia é excelente e por isso há um leque de restaurantes, bares e esplanadas para descobrir. E por último, aproveite a cidade noite adentro pelos vários bares e esplanadas nos telhados com música ao vivo internacional.

Sugestões gastrónomicas

Museu de Chocolate – Conhece a história do chocolate, prova chocolate, vai ao workshop de chocolate e no final compra muito chocolate porque é delicioso.

Fat Cat – os irmãos estão sempre alegres e disponíveis para explicar tudo sobre cafés em todo o país. Escolhe o aroma do café e observa atentamente como cuidadosamente se prepara o café. Depois delicia com calma porque beber café também é uma sabedoria.

Cactus bar – Almoça ou janta tacos, burritos ou tortas. O espaço é pequeno e muito colorido. Encontra-se gente local e estrangeira, com a garantia que todos saem satisfeitos.

Los tres tiempos – comida guatemalteca com modernidade. Fica no centro da cidade e tem uma decoração clara mas com uma pequena mistura de cores bem ao jeito da guatemala.

Hector – comida guatemalteca onde deve provar o bife.

Comedores – Para uma experiência ao jeito dos locais enche a barriga com poucos tostões. Comer papusas de queijo ou de carne e no final uma sobremesa de platano.

Cafe no se – Um bar escuro e sempre com musica ao vivo. O ambiente é intimista e muito internacional mas a musica é de qualidade e merece uma visita. Pergunta ao Julian que é o musico da casa e que trocou os Estados Unidos pela Guatemala.

Lava bar e Ocelot – Entra pelas portadas largas da casa e no terraço encontra-se vários bares onde pode escolher cocktails. Sobe ao terraço e aproveita a vista para a cidade e para os jardins. A happy hour é sempre um bom momento para aproveitar do espaço.

Sugestões hoteleiras

Existem vários hósteis e hotéis na cidade e com boas pontuações.

Para escolher sigo as dicas da LonelyPlanet, uma vista de olhos no booking e hostelworld. Preços para todos os gostos…

E por último, como chegar a Antígua

De quase todos os pontos do país há transportes privados para chegar a Antígua, o preço é acessível. Podes sempre experimentar os famosos “chicken buses” onde o preço desce para metade e convive-se com os locais. A minha experiência foi quase sempre positiva e confesso que a diferença de tempo entre eles não é muito s vezes o tempo não é muito diferente.

Facebook Comments

You Might Also Like

No Comments

Deixe um comentário