Diários - Guatemala

San Juan la Laguna em festa

Agosto 21, 2016

Em Junho as festas começam no lago Atitlán e percorrem todas as povoações. Todos os fins-de-semana os foguetes animavam as estrelas do lago. Era sábado e a festa saía pela manhã.

O cristianismo e a promessa de um mundo novo expandiu-se por toda a América Central mas os rituais dedicados aos fenómenos naturais e aos astros ainda coexistem. A cultura maia esconde-se nas montanhas, os rituais realizam-se longe dos olhos curiosos. Em dia de festa católica, em honra ao padroeiro San Juan, todos os santos saíam à rua e a procissão esfumava incenso por todas as ruas da povoação. Nos andores os santos tinham rostos escuros e o padre seguia em ritmo lento sobre sombra. Todos traziam a roupa de festa, vestidos de trajes tradicionais coloridos bem aprumados e elegantes. Os cânticos católicos habituais em qualquer parte do mundo impunham ritmo ao passo.  Entre as comuns manifestações religiosas, também seguiam grupos de homens e crianças mascarados. Trajes de linhas soltas com cores vermelhas, verdes, amarelas, misturadas com espelhos e plumas. Na face máscaras rústicas de madeira, de feições um quanto rudes. Nas suas mãos, machados, catanas ou paus de combate. Uma tradição pré-hispânica com danças tradicionais. A passo com a procissão chegavam à praça central e em pleno adro da igreja a dança animava a festa. Uma dança alegórica representativa de pequenas batalhas entre comunidades, onde se identifica hierarquias e onde os senhores da festa se sentavam num plano altivo.

A dança alongava-se pela tarde e os curiosos mergulhavam entre risos e danças com os mascarados. Algumas crianças assustadas  afastavam-se da praça principal. A festa estendia-se pelas ruas de San Juan com carrosséis, pequenos concertos, rolotes de comida e doces. O jeito simples e pesado dos velhos nas ruas espelhavam um corpo sofrido. As traquinices das crianças eram tímidas. Uma pequena povoação vestida das mais velhas tradições.

Facebook Comments

You Might Also Like

No Comments

Deixe um comentário